"Agrada-te do Senhor, e Ele satisfará os desejos do teu coração. Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais Ele fará." Sl37: 4-5















terça-feira, 17 de maio de 2011

Nada de reclamação!!!

Quem já reclamou ou murmurou hoje de alguma coisa??? Talvez da vida, do marido, da esposa, dos filhos, quem sabe do chefe ou do emprego??? A gente reclama de tantas coisas que, com o passar do tempo, acaba se acostumando pq, com certeza, motivos sempre têm.
Quando tudo está bem na vida pessoal, não está no trabalho; quando a vida profissional vai de vento em popa, o financeiro não nos satisfaz; é o governo, a econômia, a violência, o sistema, enfim, nunca nos sentimos 100% felizes; o mundo conspira contra nós rsrsrsrsrsrs...
Desde que eu peguei o resultado da minha mamografia e soube da possibilidade de estar com câncer, eu conversei com Deus, coloquei tudo nas mãos DEle e tracei três objetivos pra minha vida a partir daquele momento: não me preocupar além do normal, não reclamar e não perder uma noite de sono.
É que eu lembrei que quando eu fui morar no interior de MG, numa cidade pequena chamada Pavão, eu reclamei muuuuuito. Não que eu não tenha gostado de lá quando eu cheguei, eu gostei, mas pra passar uns dias; morar era pedir demais pra uma pessoa que cresceu em uma capital, que morava na Flórida e que tinha uma vida profissional; o interior era uma ideia surreal pra mim. Eu sabia que eu estava lá pq Deus tinha um propósito, eu sabia que era o direcionamente de Deus, mas o meu lado humano às vezes falava mais alto e eu me perguntava: o que é que eu estou fazendo aqui??? Muitas vezes eu me entristeci por não trabalhar, por achar que minha vida estava parada, sem sentido; perdi muitas noites de sono pensando no pq de eu ter ido pra lá, no que eu faria, como faria, enfim... eu não conseguia deixar rolar, dar tempo ao tempo, deixar Deus agir; era como se eu acreditasse que o meu estresse, a minha ansiedade e insatisfação pudessem mudar alguma coisa.... mas só pioravam.
Quando eu vi que não adiantava lutar contra a maré e me abri mais pro lugar, para as pessoas, eu fui me descobrindo; passei a me envolver mais com a igreja, assumi funções que me levaram a me aproximar do grupo de jovens; me disponibilizei pra fazer coisas que eu nunca tinha feito até então, e quando eu percebi, eu já não era uma estranha no ninho, eu fazia parte daquele lugar e daquelas pessoas. O meu amor era tão grande e sincero que eu pedi ao meu marido que adíassemos a nossa ida pro Canadá, eu cheguei a cogitar não ir. Sabe o que vinha muito na minha cabeça: Pq eu não fiz tudo isso antes??? Quanto tempo eu perdi reclamando!!! Eu podia ter me aproximado dessas pessoas quando eu cheguei... que arrependimento!!!
Mas o tempo não volta; o que fazemos ou o que escolhemos tem consequâncias. Deus me ensinou, através da minha ida pra Pavão, que Ele está no controle de tudo ainda que eu não veja e não entenda.
Há algumas horas atrás eu liguei pro meu pastor lá em Pavão e ele me disse que no culto de oração de ontem a igreja decidiu reforçar as orações por mim orando toda esta semana às 5:00 da manhã. É claro que eu agradeci, mas eu sei que isto é o tipo de coisa que eu não tenho como agradecer; nada do que eu fale ou faça pode demonstrar o valor que a atitude dessas pessoas têm pra mim.
No domingo passado a esposa do pastor me ligou no final do culto, via skype, pra que a igreja pudesse me ver e falar comigo através do telão e eu com eles. Foram tantas demonstrações de carinho, mensagens de força, de apoio, que eu não pude conter as lágrimas.
Por tudo isto eu resolvi escrever este post... É incrível como um lugar tão fora dos meus planos se tornou parte da minha vida. Eu não tenho dúvida que muito da paz e da tranquilidade que eu tenho tido pra enfrentar toda esta fase de desafios tem vindo das orações e do carinho da minha "família" de Pavão. Eu brinco muito com meu marido dizendo que hoje eu sou mais pavonense do que ele, que cresceu na região; e eu me sinto mesmo... Como a vida é cheia de caminhos que desconhecemos, né??? Reclamei tanto, murmurei tanto, me desgastei, pra quê??? Pra hoje entender que Deus sabia o que estava fazendo quando me levou pra lá??? Isto não deveria ser óbvio pra mim que acredito NEle??? Mas não foi, e eu aprendi a deixar Deus ser Deus.
Eu tenho dormido bem - esta parte é fácil, né??? rsrsrsrsrs - confiado plenamente no direcionamento de Deus pra minha vida, pq eu não quero cometer o mesmo erro. Se eu estou tendo que fazer um tratamento aqui em Salvador, longe do meu marido, da minha igreja, enfrentando muitos desafios, eu acredito que Deus está trabalhando; eu não estou vendo, eu não entendo, mas eu sei que mais lá na frente tudo vai se encaixar e eu vou pode dizer: até aqui me ajudou o Senhor... Ele cuidou de mim. 
E vc, anda reclamando muito da vida??? Deixa Deus trabalhar que vc vai ver as coisas fluirem...

2 comentários:

  1. Cíntia Carvalho17 de maio de 2011 19:43

    Oi Renata, enquanto lia seu texto só me lembrava de uma música que sempre fez parte de mim, e ficou ainda mais evidente desde o dia em que descobri o diagnóstico do tumor cerebral. Ainda me "toca" muito, claro... Tenho certeza que você vai se identificar... Fala principalmente da nossa gratidao a Deus, independente da fase em que estamos passando.. Nossa vida está nas mãos dele, nosso papel é confiar e descansar Nele..

    Fiel a Mim

    Composição : Eyshila

    Sei que estás aqui, Senhor
    Podes perceber quem sou
    Podes ver se há em mim
    Um verdadeiro adorador

    A minha oferta,
    Eu ofereço a ti, Deus meu
    Pra reconhecer que nada tenho, tudo é teu
    Quero te adorar ainda que a figueira não floresça
    Quero me alegrar mesmo se o dinheiro me faltar
    A vitória vem mesmo que pareça que é o fim
    Pois tu és fiel, Senhor, fiel a mim
    Tu és fiel, Senhor
    Eu sei que tu és fiel

    Tu és fiel, Senhor
    Eu sei que tu és fiel
    E ainda que eu não mereça
    Permaneces assim
    Fiel, Senhor meu Deus
    Fiel a mim
    Fiel, Senhor meu Deus
    Fiel a mim


    Um beijao, Deus continue te abençoando.

    Cíntia Carvalho.

    ResponderExcluir
  2. A letra é realmente linda... Ele é tudo, independente de qualquer coisa... obrigada...bjs

    ResponderExcluir