"Agrada-te do Senhor, e Ele satisfará os desejos do teu coração. Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais Ele fará." Sl37: 4-5















domingo, 10 de setembro de 2017

Meus updates

Oi gente, mais uma vez a minha vida ficou muito corrida e eu não pude atualizar o blog, mas consegui arrumar um tempinho pra dividir com vcs as minhas experiências.
Bom, mil coisas têm acontecido como por exemplo o início do ano escolar da minha filha, a chegada de amigos, crescimento do grupo de estudo bíblico, enfim. Hoje mesmo teve um almoço das nações na igreja, onde eu e alguns amigos servimos feijão tropeiro, pão de queijo, purê de mandioca e brigadeiro.
Eu pensei que o povo ia ficar com medo de experimentar a comida, mas a grande maioria arriscou, muitas pessoas voltaram para repetir e recebemos elogios. Teve um garoto chinês que voltou só pra pegar pão de queijo, mas ele não pegou um pão a mais, ele pegou uns 7 de uma só vez e ainda deu um sorrisinho amarelo pra mim.
Uma das grandes vantagens de se morar em um país multicultural é vc ter a oportunidade de conhecer pessoas e experimentar novos sabores.
Eu mesma comi da comida brasileira, mas comi também do Butter Chicken indiano que eu sou fã. É picante, mas eu gosto mundo. Pra quem não conhece ele lembra o strogonoff, só que com curry.
A igreja que eu frequento tem muitos filipinos, chineses e japoneses, mas os brasileiros estão chegando pouco a pouco. 
Uma das coisas que tem chamado a minha atenção é que Deus tem trazido muitos cristãos pra cá. Semana passada eu visitei um grupo de estudo bíblico na Willington Church em Burnaby e eu fiquei impressionada pelo tamanho! não era mais um grupo, era uma pequena igreja brasileira dentro da igreja canadense. Eles tinham até um pastor brasileiro! 
Mês passado eu fui num chá de bebê em uma igreja canadense em Surrey, a World of Life, cujo pastor é brasileiro e uma grande parte dos membros da igreja tb é brasileira. Glória a Deus por isso! que venham pessoas boas e corretas para essa grande nação! pessoas que venham somar e não diminuir.
Mudando de assunto, ontem choveu pela primeira vez depois de muito tempo sem chuva e é como se o tempo estivesse me dizendo: Se prepara, Renata, que o inverno está chegando :( Não quero nem pensar! Tava tão bom o clima ameno, eu andando de short e chinelo... em breve vou ter que reorganizar o closet, guardar as roupas de verão e colocar todos os casacos e calças pra fora... Fazer o quê?! é a vida no Canadá.
Bom, vou ficando por aqui que amanhã a correria recomeça :) Que Deus abençoe a nossa semana e nos dê grandes vitórias!
Uma boa noite pra vcs.

domingo, 27 de agosto de 2017

Sobre os que estão chegando

Oi gente, é bom começar a semana sabendo que vencemos mais uma, que até aqui o Senhor tem nos ajudado e que Ele está conosco não importa o quão grande seja a montanha que temos que escalar... Ele nos fortalece e nos guia.
Na sexta passada eu fui para um reunião de brasileiros e eu vi muitos brasileiros recém-chegados em Vancouver, ouvi muitos testemunhos que tocaram o meu coração. Não pelo que as pessoas falaram, mas pelo que eu conseguia enxergar na vida delas.
Quando eu estava com 19 pra 20 anos meu pai saiu do Brasil para recomeçar a vida nos EUA. Ele estava separado da minha mãe e a convite de um grande amigo ele resolveu sair do Brasil. 
No dia que eu fui deixa-lo no aeroporto eu chorei e voltei para casa com o coração partido pq eu consegui entender o quanto era difícil para uma pessoa mais madura deixar uma vida toda pra trás para mergulhar no desconhecido.
Assim como eu senti pelo o meu pai eu senti nessa reunião quando ouvi os relatos de pessoas acima dos 40 ou 50 anos que estavam chegando para começar a vida no Canadá. Não é fácil! é preciso ter um controle emocional e muita determinação para não desanimar. 
Na reunião mesmo foi dito pela organizadora que muita gente chega e muita gente vai embora por não se adaptar a vida aqui.
Eu costumo dizer que a imigração não é pra todo mundo e que se for em casal os dois têm que estar em comum acordo, pq a adaptação é punk!
Por outro lado não é fácil ficar no Brasil tb se não houver perspectiva de melhora.
Tenho ouvido muitos relatos de pessoas que perderam ou estão em risco de perder seus empregos, muita gente virando Uber e muitos tendo que se reinventar para não chegar numa situação crítica. E entre passar aperto no Brasil e passar aperto num país de primeiro mundo eu te digo que é melhor passar aperto em um país de primeiro mundo :) Outro nível.
Inclusive eu gostaria de deixar um convite aos brasileiros que estão aqui e, por acaso, possam estar passando por um momento difícil: visitem o Food Bank. Eu sou voluntária no Food Bank de Richmond e eu garanto que é uma boa ajuda para as pessoas que precisam.
Quando eu participei do treinamento para ser voluntária no Food Bank uma das coisas mais faladas pelos organizadores era que nunca fosse questionado o pq de uma pessoa precisar ir ao Food Bank. O custo de vida aqui é muito alto e ficar desempregado por 2, 3 meses pode deixar uma pessoa numa situação difícil, pq as contas não param e são altas.
Bom, vou ficando por aqui! Que Deus abençoe a nossa semana e nos dê muitas vitórias.


domingo, 13 de agosto de 2017

A palavra de hoje é perseverança

Oi gente, chegamos ao mês de agosto e a única coisa que eu consigo pensar é que o ano está voando!!! Como o tempo tem passado rápido! Mas o lado bom é que eu sinto que tenho aproveitado bastante. Posso dizer com toda certeza que até aqui o Senhor tem me sustentado.
Hoje eu tive uma reunião com a liderança da igreja e o pastor me disse que eu sou uma pessoa perseverante e eu fiquei pensando sobre isso.
Eu fui daquelas crianças que começava um esporte e largava logo depois, nunca fui muito de ficar fazendo a mesma coisa e acho que foi um dos motivos pelos quais eu entrei na faculdade de publicidade. Eu queria fazer coisas diferentes e criativas o tempo todo para não enjoar.
Mas depois da faculdade, já envolvida na igreja, eu conheci um pastor que não era dos mais eloquentes ou estudado, não era daqueles mais famosos e respeitados, mas ele me ensinou muita coisa e uma delas foi ser perseverante.
Ele era responsável pelo grupo de oração que orava antes dos cultos e esse é o tipo de trabalho que ninguém dá muita importância. Cansei de chegar e vê-lo sozinho de joelhos orando. As vezes tinha mais gente, as vezes menos e muitas vezes só tinha ele.
Parece bobagem, mas a perseverança dele, o amor que ele tinha pela obra de Deus, a responsabilidade dele com o trabalho que lhe foi confiado tocaram meu coração profundamente.
O Senhor recolheu esse homem de Deus há alguns anos, mas até hoje o que vi da vida nele me influencia e eu sou grata a Deus por isso. Toda vez que eu penso em desistir de alguma coisa eu lembro desse pastor.
Eu sei que os caminhos são difíceis e nem sempre alcançamos o nosso objetivo sem antes ter que lutar muito, mas a cada passo que damos nos tornamos mais fortes e sábios.
Já passamos metade do ano e quando eu penso em tudo que já aconteceu até aqui eu vejo que valeu a pena não desistir. Ainda tem muito caminho para ser percorrido, mas se Deus quiser, com muito trabalho e dedicação nós chegaremos lá.
Que Deus abençoe muito a nossa semana e nos dê sabedoria para encarar a vida de frente.


segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Atualizando o blog

Depois de algumas semanas sem postar nada, I am back! :)
Eu sempre quero escrever, mas esse começo de empresa tem exigido muito de mim. Eu tenho me desdobrado para dar conta do trabalho e da minha vida particular e não tem sobrado muito tempo para o blog.
Mas eu gostaria de compartilhar com vocês o que Deus tem feito na minha vida nós últimos tempos.
Eu trabalho como consultora de imigração mas não ando procurando clientes que sejam cristãos. Eu, inclusive, tenho um grupo no Facebook chamado Amigos Cristãos de Vancouver para cristãos que moram aqui e nunca anunciei meus serviços lá pq não acredito que esse seja o foco do grupo. Eu posto somente sobre coisas espirituais. Mas mesmo sem anunciar nada e sem procurar clientes da mesma fé, 95% dos meus clientes são cristãos. Eu nem pergunto, mas com o tempo acabo descobrindo.
Teve um casal mesmo que estava com uma aplicação difícil por questões financeiras e eu submeti a aplicação deles orando, literalmente orando :) Depois de quase 7 semanas veio o resultado positivo, para honra e glória do Senhor, e ao dar a notícia para o casal eu ouvi que ela tinha acordado durante a semana para orar a Deus e ele me disse assim: Deus é bom! Obrigada Senhor por essa bênção. Não precisei nem perguntar para saber em quem eles acreditam :)
Minha irmã que trabalha comigo me disse que nós parecemos imãs de crente, que estamos atraindo crente de todas as partes do Brasil que querem vir para o Canadá :)
Se é verdade eu não sei, mas de uma coisa eu tenho certeza, eu sempre peço a Deus que me use para abençoar as pessoas ao meu redor, se Ele está trazendo essas pessoas eu espero ser instrumento de bênçãos.
Nesse último sábado nos tivemos mais um Food Bank e um dos pastores da igreja veio me perguntar se estava tudo bem e eu disse que sim, e ele me respondeu: Claro que está bem! o primeiro sábado do mês eu não me preocupo pq eu sei que o grupo de brasileiros vai dar conta :)
Foi um elogio que encheu meu coração de alegria pq eu e todos os meus amigos que ajudam estamos fazendo um trabalho lindo! é bem pouquinho, mas é um pouquinho que tem tocado vidas e agradeço a Deus por isso. Sem falar que é sempre bom saber que nós, BRASILEIROS, estamos sendo reconhecidos pela seriedade no trabalho voluntário, não é maravilhoso?! Eu acho tudo bom!
Gente, a vida não tem sentido se a gente só vive para gente. Pelo menos é no que eu acredito.
Uma semana abençoada para todos nós.












domingo, 16 de julho de 2017

Mentores para novos imigrantes

Oi gente, tudo bem? Não sei se quem está lendo esse post está no Brasil ou no Canada, mas eu gostaria de dizer a vcs que estou aproveitando cada dia de sol aqui e não estou com a mínima vontade de ver o frio nem tão cedo :) Estou curtindo tanto que nem estou ligando o ac do carro. Abro as janelas e deixo o vento entrar :) O inverno esse ano me traumatizou e eu não quero nem pensar em como deve ser viver nas partes mais frias daqui... não quero nem imaginar kkkkkkk... Vcs sabem que eu já cogitei sair de Vancouver por causa do alto custo de vida, mas depois do inverno desse ano essa mudança ficou difícil... Se eu sair daqui não vai ser para outra cidade do Canadá, acho que vai ser para outro país kkkkkkkk.
Para vcs terem uma ideia, ontem eu fiquei nada mais nada menos que 3 horas e meia dentro da piscina, curtindo o sol a natureza ao meu redor. De vez em quando batia um vento mais forte e frio, mas no geral o dia estava maravilhoso!!!! 
Uma das coisas que me chamou atenção na piscina ontem foi a presença de três famílias muçulmanas com as mulheres devidamente cobertas e só olhando os filhos na água. Me chamou atenção pq nos anos anteriores não tinha. Hoje eu ouvi na igreja de um representante da SUCCESS, uma ong que ajuda imigrantes e refugiados, que por dia estão desembarcando 1.000 refugiados aqui... 1000!!! é muita gente!!! Isso me faz questionar se em poucos anos não estaremos como a Inglaterra, a Alemanha e a França... Deus é que sabe! 
Mas o lado bom disso tudo é que a igreja que eu frequento está em parceria com o SUCCESS em um projeto de mentorship para recém-chegados. A ideia é colocar o novo imigrante em contato com profissionais do mercado que possam auxilia-los nos primeiros passos e ajuda-los a trabalhar em suas respectivas áreas. Hoje mesmo um amigo meu da área de TI fez o mentorship de alguns imigrantes.
Se alguém quiser saber mais sobre esse trabalho e mora perto de Richmond, pode entrar em contato comigo que eu dou o contato da pessoa responsável por esse trabalho.
Esse trabalho é muito importante e sou testemunha de quanto faz a diferença. Eu tenho uma mentora que tem sido uma bênção na minha vida e tem me ajudado muito!!!
Tenho certeza que um dia eu vou poder fazer o mesmo por outras pessoas, pq a vida é assim, um dia a gente é abençoado e no outro somos usados para abençoar.
Vou ficando por aqui :)
Que Deus abençoe nos guarde de todo o mal! Que nós tenhamos uma semana abençoada.





domingo, 9 de julho de 2017

Fazendo a faxina :)

Oi gente, dei mais uma sumida, né? A vida tem estado uma loucura! meu marido diz que eu tenho que parar com a mania de querer abraçar o mundo pq eu não vou dar conta :) mas na verdade eu sinto dentro de mim que eu tenho que dar conta da minhas obrigações pessoais, como trabalho e família e das minhas sociais, como trabalhos voluntários e igreja. Eu sei que espiritualmente eu não preciso fazer nada, pq não é pelo que eu faço, mas sim pelo que Jesus fez, porém eu, comigo mesma, sinto que não há sentido na vida se nós não servimos a Deus, e isso inclui servir ao próximo.
Mesmo com toda a correria e com muito trabalho eu consegui descansar esse final de semana. Aproveitei o sol e curti uma piscina aberta ontem com a família e alguns amigos, terminamos o dia comendo pizza e jogando conversa fora e hoje, depois da igreja, fui para um churrasco super agradável e deu pra dar uma relaxada!
Mas uma das coisas que me marcou nesse final de semana foi a faxina que eu fiz no sábado. Estamos esperando uma família de amigos muito queridos no mês que vem e eu comecei a criar espaço na casa. Na verdade todo ano eu faço uma faxina na época que sai do inverno para a primavera, que é quando eu guardo os casacos e calças quentes e coloco `a vista as camisetas e shorts. Como eu estou esperando essa família de amigos eu resolvi fazer isso ontem. Gente, ainda nem terminei tudo, mas só ontem, quando eu acabei, foram seis sacos grandes!!! 3 de lixo e 3 de doações. Fiquei impressionada em como a gente guarda tralha na nossa casa!!! Vai comprando e comprando, consumindo e guardando, sempre com aquela ideia de que um dia vai precisar e quando a gente se dá conta tá cercado de coisas sem a menor necessidade.
Interessante que quando eu olhei para os 6 sacos pretos o Espírito Santo me tocou e eu pensei comigo: Renata, vc já pensou quanta coisa que não presta vc está guardando dentro de vc???
Eu senti que a vida vai passando e eu, como ser humano falho que sou, vou guardando as coisas, guardando o que me machucou, entristeceu, marcou, enfim, e não me preocupo de fazer uma boa faxina pra entrar um ar totalmente novo.
Desde ontem, depois desse toque, eu coloquei essa meta na minha vida, eu não quero guardar nada que não presta dentro de mim.
Uma semana abençoada a todos nós.

domingo, 25 de junho de 2017

Só atualizando mesmo!

Oi gente, dei uma sumida, né?! Eu tento atualizar o blog toda semana, mas semana passada além de muito trabalho eu tinha ido para um camp em Nanaimo, uma ilha aqui perto. Eu tinha reservado esse camp desde o começo do ano, estava super empolgada, mas não deu muito certo. Assim que chegamos o meu marido começou a sentir dores do pé e como o camp era bem rústico, no meio do mato, tivemos que voltar no mesmo dia, ou seja, só foi perda de tempo e dinheiro. Aquele tipo de passeio de "grego", só dor de cabeça e nada mais.
Ele chegou a ir no hospital por causa disso, o médico tirou um raio-x mas não achou nada, disse que podia ser um trincado no osso e que era pra ficar de repouso. Essa semana ele vai em outro médico pegar uma segunda opinião.
Quando se trata de saúde eu gosto de ouvir 2 ou 3 profissionais, pq o ser humano erra e aqui que não temos muitos médicos eles tendem a prestar mais atenção nos casos mais graves.
Fora isso, essa semana vai ser a última semana de aula da minha filha e o início das férias de verão, isso significa abrir a carteira e gastar dinheiro com os camps infantis que mantêm as crianças ocupadas enquanto os pais trabalham. 
Nós, imigrantes, não temos o privilégio de ter a família por perto pra dar um suporte, então, temos que correr atrás das opções disponíveis para manter os filhos ocupados.
Eu queria mesmo era dar uma viajada, mas eu não sei se o trabalho vai me permitir por agora.
Gente. e aqui está quente, viu?! Nossa, como está fazendo calor! o povo já começou a sentir falta do inverno, mas eu ainda não. Estou evitando até a ligar o car condicionado pra aproveitar bem a quentura do sol e receber bastante vitamina D :) Mas em casa eu já estou com ventilador ligado e bem em cima de mim. Tá difícil dormir com o calor, pq o meu corpo já acostumou com o friozinho.
Bom, tenho que ir pq o trabalho me chama. Mas que Deus derrame suas bênçãos sobre as nossas vidas e nos dê muitas vitórias nessa semana.