"Agrada-te do Senhor, e Ele satisfará os desejos do teu coração. Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais Ele fará." Sl37: 4-5















domingo, 7 de maio de 2017

Saudade do que eu não vivi

Há algumas semanas eu fui convidada para um aniversário de 50 anos de uma das mães da escola de minha filha. Apesar de eu ter um bom relacionamento com ela eu não imaginei que fosse ser chamada e depois que eu fui chamada eu imaginei que outras mães da escola também tinham recebido o convite e eu fui incluída na lista por educação rsrsrssrsrsr... Pq eu tenho um bom relacionamento com as mães da escola mas nunca tinha sido convidada pra aniversários e nunca tinha convidado ninguém para os meus aniversários.
Na hora eu pensei em não ir pq minha vida tem estado bem corrida. Com meu marido no Brasil eu tenho me desdobrado para dar toda atenção que minha filha precisa pra lidar com a ausência do pai e atenção a minha empresa que está começando. Mas, enfim, eu decidi que tinha que ir. Nossas filhas brincam muito juntas e nós sempre contamos uma com a outra para pegar e levar quando o trabalho nos impede. Aquela velha história: uma mão lava a outra.
No convite que eu recebi dizia que era uma festa somente para mulheres e não podia levar crianças. Mais um motivo pra eu não ir, mas minha irmã disse que podia ficar com minha filha e eu concordei.
Lá fui eu comprar o presente pra ir ao tal do aniversário que eu não estava muito animada. Chegando na loja, já com o presente na mão, pronta pra pagar, cadê a carteira? tinha esquecido em outra bolsa... afff... Saí correndo, voltei pra casa, peguei a carteira, voltei pra hoje... tudo isso eu pensando pq não desistir de ir??? Mas lá fui eu. Cheguei 30 minutos atrasada, mas cheguei. Entrei na festa, deveria ter umas 60 pessoas e eu só conhecia a aniversariante e o marido. Tinham alguns rostos familiares mas ninguém que eu realmente conhecesse, nenhuma outra mãe da sala de minha filha, ninguém!!! 
Bom, como já era 1:30 da tarde eu fui na mesa e me servi. Tinham muitas saladas israelenses, e eu amo salada israelense!! Fiz meu prato, arrumei um lugar no sofá e fiquei quietinha :)
De repente todos os convidados entraram onde eu estava pra ver um video que tinha sido feito para comemorar os 50 anos da aniversariante.
O video começou com as fotos do nascimento e foi mostrando a história da vida dela. Eu comecei a chorar!!! e o pior que as lágrimas escorriam e eu enxugava rapidamente pq eu fiquei imaginando no que os convidados estavam pensando de ver uma completa estranha aos prantos vendo aquela história que ela nem fazia parte hahahaahahaha.
Mas eu estava chorando de ver como a vida passa rápido, como vivemos tantos momentos lindos e nem nos damos conta. Eu senti naquelas imagens, naquela festa muito amor, muito carinho dos familiares e amigos pela aniversariante. Amigos de décadas, amigos de infância que estavam ali também com os seus 50, 60 anos ao redor dela naquele momento tão especial.
Depois do video algumas das amigas pediram pra falar e relembraram histórias e momentos marcantes. A aniversariante chorava, as amigas choravam e eu chorava tb.
Acho que meu nível de sensibilidade está fora do normal. Semana passada eu chorei no final do filme dos Smurffs... nem eu acreditei!!!! Hahahaahahahaha.
Mas voltando ao aniversário, eu ainda tenho um bom caminho a percorrer antes dos meus 50, mas essa festa, que eu nem queria ter ido, me deu saudade do que eu deixei pra trás quando saí do Brasil. Provavelmente nos meus 50 anos eu não vou ter minhas amigas de infância contando as nossas aventuras e os momentos especiais que tivemos. Eu provavelmente não vou ter meus tios, primos e demais familiares ao meu redor. Sem falar do que eu tenho privado minha filha de viver perto dos avós, primos e familiares.
Mas a vida é assim mesmo, não é? é feita de escolhas e eu escolhi sair do Brasil e construir uma nova história em um outro lugar. Que Deus me abençoe nisso e console o meu coração todas as vezes que eu sentir o que eu senti hoje, saudade do que eu não vivi.
Uma semana abençoada para todos nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário